domingo, maio 18, 2008

Regime


O peso deve ser hoje a maior preocupação femina. A gente nunca está satisfeita. Ou está magra demais (acreditem, essas mulheres existem) ou está gorda demais.

Eu ainda me lembro de quando podia comer sem me preocupar com meu peso. Isso foi até os 14 anos. Eu voltava da escola, comia uma belo pratão e a sobremesa. Uma hora depois, complementava com uma caneca de feijão. Mais algum tempo e comia quase uma caixa de Bis com 1 litro de Coca (vocês se lembram daqueles super-copos com canudos?).

No início do colegial minha família mudou de estado. As amizades ficaram distantes e a comida e as consequências dela entraram de vez na minha vida. Foi a primeira vez que engordei. Lembro que chorava toda vez que ia experimentar roupa. Biquine, então, nem pensar. Passado um ano, voltamos para casa e meu peso logo voltou ao normal sem muito esforço. Só me lembro que fiquei mais de 4 anos sem comer arroz.

Na época do vestibular, as alterações de peso voltaram, juntamente com um mal-estar logo após as refeições. Diagnóstico: colesterol altíssimo! Vocês devem estar pensando: também, gordinha. Gordinha nada, meu peso nessa época era 51kg e eu tenho 1,61cm de altura. Nada absurdo.

O tempo passou, o peso subiu e desceu, assim como meu colesterol (que nunca ficou baixo de verdade). Eu me casei e consegui em um ano acrescentar mais 3 kg. Não estou gorda, mas estou insatisfeita. E muito!

O engraçado é que a gente não pode estar chateada com o peso se não está obesa! Parece que é até crime. Você não quer aceitar um docinho porque está tentando ficar mais leve e já leva uma: "Emagrecer por que? Tá tão bem assim!" Se estivesse me sentindo bem não iria querer perder peso, ora bolas! Meu nutricionista falou uma coisa correta: Aumenta o peso, troca o manequim; aumenta de novo, usa mais apertado. E assim, depois de uns anos você não entende como chegou nesse peso!
Infelizmente meu Nutri está longe e meu peso + colesterol estão me incomodando. Desde quinta eu comecei a fazer o Vigilantes. Peguei os livretos do meu tio (que aos 18 anos saiu de espartilho da Banda Mole no carnaval e hoje, aos 50 anos, pesa 120kg. Peso esse conquistado pouco a pouco) e iniciei a batalha! Agora é pra valer!

Chega de me enganar. Se eu quero diminuir o colesterol e baixar meu peso tenho que fazer direito. E dá-lhe salada (só com muita mostarda para conseguir comer aquilo) com grelhado. Salada de fruta e queijo cottage. Dessa vez só vai acabar quando minhas calças estiverem novamente servindo. Sem cartucheira aparecendo, sem pernas roçando na hora de andar!

À luta!

3 comentários:

Re disse...

Ai Vi, bem-vinda ao clube. Desde que me casei, ganhei 5 kg,. Semana passada fui na nutricionista.. amanha começo pra valer (segunda, dia oficial), preciso perder esse peso, pois estou me odiando. Isso ja eh um bom motivo, nao?

Cláudia disse...

Ãhn? regime? quem? onde? quando?
No meu caso, só reencarnando, acho.
Aliás, já pedi: se não for pra me mandar de volta pesando no maximo 55kg e tendo pelo menos 1,75cm de altura, me deixe onde eu estiver.
beijo

Virgínia disse...

Re: Alguém pode explicar para nós porque casar engorda???? Continou comendo o de sempre, saíndo para conhecer restaurantes (ADORO!!!)como antes, mas o peso... quanta diferença!!
Ir no Nutri é a melhor coisa! Mas o meu ficou em SP. Por isso me apoiei no Vigilantes! VAI DAR CERTO!!!!!!

Cláudia! adhsuashduasdhuh Será que nessa sua fila da volta cada mais uma também!! 15cm a mais na minha altura não seria nada mal! ehheheheheh Se descobrir a senha, me avisa!