terça-feira, dezembro 30, 2008

Lar doce lar

Onde eu moro tem praia. É um dos destinos turísticos mais famosos do país. Posso ver o mar da minha janela todos os dias. São quase 365 dias de sol e calor por ano. Mas não tem coisa melhor que voltar para casa.

Por casa entendam Guaracity e Ubachuva. Agora estou aqui, apanhando de uma conexão discada para dizer que as coisas mudam, mas continuam quase as mesmas, desde que me entendo por gente.

A visão da praia do Itaguá, cicundada das montanhas da Serra do Mar, num dia de sol é incomparável. Pode dizer que Jeri é a praia mais bonita, mas eu afirmo que estão mentindo! Dizem isso para vender pacotes da CVC em 10x para aquela excusão interminavel de ônibus.

Mas já pude reparar em algumas mudanças um tanto esquisitas. Não anda chovendo por aqui. O que só pode ser considerado um milagre. Nos últimos 10 anos não me lembro de um final de ano sem chuva. Melhor não cantar vitória antes da hora... 31 é só amanhã!

O número de pernelongos e borrachudos diminuiu consideravelmente. Posso quase afimar que estão extintos por essas bandas da cidade!

As mulheres da Itamambuca embragangaram! Só pode ser! A praia, que era considerada o metro de areia com mais mulher bonita (para não dizer outra coisa, mas palavras do maridão), está hoje um mar de celulites e barriguinhas nada saradas. O que gera um alívio naquela que vos escreve. Não tem coisa pior que se sentir uma baleia no meio de sereias!ahduahdsuahd Deus conserve assim!haduahsudahsudh


(foto que não faz jus, nem de longe, à beleza desse lugar)

segunda-feira, dezembro 22, 2008

HO HO HO



Pessoal, estou sumida demais, eu sei! Mas esse negócio de viajar para visitar a família toma o tempo todo da gente. É tanta coisa para falar, para ver, etc que não sobra tempo nem para o domir direito, quanto mais para o blog!

Sem contar que peguei uma bela gripe. Isso que dá sair dos trópicos para passar o Natal junto com o Papai Noel! Ué? Não sabiam? São Paulo virou a residência oficial o bom velhinho. Era mais perto... o problema é que ele trouxe esse frio junto...

De qualquer forma, gostaria de desejar um Natal ótimo para todos vocês. Quem sabe eu apareço logo contando as novidades; afinal, Natal em família rende! ahdauhsdauhdaudh

sábado, dezembro 13, 2008

Eu ainda esgano ele!


Maridão avisa às 6 da tarde que convidou "umas pessoas" para jantar em casa naquele dia mesmo às 8 da noite. Depois de uma aviso desses o que você faz:

a) se descontrola, xinga o marido até a morte e diz que não vai fazer nada;
b) se descontrola, xinga o marido até a morte e diz que é melhor sair para jantar fora;
c) se descontrola, xinga o marido até a morte e resolve que vão pedir pizza;
d) se descontrola, xinga o marido até a morte mas arruma a casa toda, prepara os petiscos, gela a bebida e faz o jantar;

Pois é, tive que ficar com a alternativa "d" mesmo. Chutar não é o meu forte...

E o pior ainda está por vir. Convidado "sem noção", na hora daquele tour pelos comodos da casa, senta na sua cama, pergunta a marca do colchão; depois pergunta o valor do condomínio; vai para a cozinha e começa a abrir a sua geladeira (!) e a acender a luz do forno, não sem antes abri-lo.

É plena quinta-feira, você tem aula da pós (haja saco) no dia seguinte cedo, mas já são meia-noite e o povo não pensa em ir embora. Quando finalmente eles somem no elevador, você se lembra que a cozinha está revirada e que não tem diarista no dia seguinte, além de estar com a roupa ainda no molho dentro da máquina (que desligou para não incomodar as visitas com o barulho). Quando, graças a Deus, termina de arrumar tudo e estender a roupa lembra do bendito marido. Não, ele não ajudou a arrumar nada. Sim, ele já estava dormindo.

Ninguém mereçe...

domingo, dezembro 07, 2008

Inacreditável

Dias atrás eu li uma pequena reportagem sobre um casal especial. A moça era portadora de síndrome de Down e o rapaz tinha paralisia cerebral (se não me engano). A reportagem era para contar que os dois seriam pais de um bebê. Acredito que para a alegria de todos, o bebê era saudável (a possibilidade de isso acontecer era de 50%; não vamos ser hipócritas, ninguém quer ver o filho tendo maiores dificuldades na vida por ele ser diferente. Todos queremos filhos saudáveis para poder aproveitar a vida ao máximo.

Mas o que me deixou extremamente estarrecida era que a avó só percebeu que havia algo "errado" quando a filha reclamou que a barriga dela andava se mexendo! Como assim?

Alguém pode me dizer que mãe é essa que a pretexto de deixar a filha ter uma vida independente (o que é muito bom, diga-se de passagem), não a vigia? Qualquer mãe deve saber o que acontece com sua filha (ou filho). Se ela está indo bem na escola, se está namorando, se iniciou sua vida sexual. Não é para ficar fazendo confidências (afinal, para mim, mãe não é melhor amiga: é mãe), mas para estar por perto para sanar qualquer dúvida ou estender a mão quando preciso.

Ela não percebeu que a barriga da menina estava crescendo? Que a menina não estava mestruando? NADA? Juro que nunca vi uma coisa dessas! Afinal, uma coisa é uma menina esconder a gravidez deliberadamente, outra é não saber nem que está grávida e o que isso significa. Depois os pais reclamam que dos filhos, só esquecem que tem sim uma parcela de contribuição para o desenvolvimento deles!

quinta-feira, dezembro 04, 2008

Again...

Outra prova... outros poucos pontos... dessa vez foram 3, e eu estou de fora de 2ª fase... Ainda cabe recuso. A esperança é a última que morre. Mas a minha anda na UTI!

quinta-feira, novembro 27, 2008

Revolta

Enquanto se contabiliza quase 100 pessoas mortas (sem contar aqueles que nunca serão encontrados), centenas de pessoas desaparecidas e milhares sem casa, comida, roupa ou dignidade; safados resolvem se aproveitar de tanta desgraça e aproveitam para saquear casas e supermecados.

Mas não estão em busca de água ou comida. E sim eletrodomésticos e TVs de plasma! É UM ABSURDO TOTAL! Só ontem 40 pessoas foram presas em Blumenau por terem furtado objetos que não são de primeira necessidade... como o ser humano pode ser podre...

terça-feira, novembro 25, 2008

Para descontrair...



Um grupo de anões decide jogar futebol. Alugam um campinho de várzea e vão pra lá contentes e eufóricos..

Lá chegando, percebem que não existe vestiário e então decidem vestir o uniforme no banheiro do boteco lá perto.

Todos entram e se dirigem para o fundo do bar, onde ficava o banheiro.
Chega um bêbado e pede uma garrafa de cachaça.

Após alguns minutos, passam pelo bêbado os jogadores anões vestidos de azul.
O bêbado não entende nada, fica bolado, mas continua bebendo.

Em seguida, passam os anões de uniforme amarelo.

O bêbado chega pro dono do bar e diz :
- Aí maluco, fica ligado que os boneco do pebolim* tá fugindo tudo!!!


*Mais conhecido por Totó na minha terra...

segunda-feira, novembro 24, 2008

Jardim de Infância

Há muito tempo eu já desisti de assistir a maior parte dos canais abertos. Todos deveriam acender uma vela para quem inventou a TV paga! Tá certo que, naquele número infinito de canais, muita coisa coisa é porcaria. Mas que tem programas para todos os gostos, isso tem!

Não sou viciada em séries, mas não perco o Two and a Half Men! E continuo tentando assistir o Sex and the City inteiro, apesar da FOX dificultar as coisas. Acho que vou acabar pedindo trégua e indo à Blockbuster.

Adoro os programas dos Discovery Home and Health. Agora apareceu um novo sobre Obesidade e um dos participantes chegou a pesar 420kg! TEM NOÇÃO? O cara agora pesa só (segundo o médico) 190kg, mas ainda não anda. Aliás, ele não anda há mais de 5 anos. E a última vez que pesou menos de 180kg estava na 6ª série!

Ahhhh e tem o Diagnóstico X. Dá até nervoso o rosário de exames e possibilidade de doenças que aqueles médicos pensam para conseguir dar um diagnóstico e o tratamento certo para o pobre do paciente.

Sem contar meu preferido: Medical Detectives! Se não fosse concurseira, seria perita forense. Mas só nos States, porque aqui no Brasil... coitados dos peritos. Para vocês terem idéia da precariedade, aqui na Terra de Malboro o IML não tem material nem pessoal para descobrir se a vítima foi envenenada! Tem que mandar para São Paulo! É mole?

Tudo isso para dizer que agora apareceu um programa de um tal de Dr. Phill. Parece que é super famoso na terra do Tio Sam. Era uma das estrelas do sofá da Oprah. Mais um daquele programas de auto-ajuda. Nem vou me alongar no conteúdo porque não tive paciência para ver inteiro. Mas como ele termina pouco antes do Sex começar, já tive a oportunidade de assistir o fim umas três vezes. Patético seria o mínimo.

Depois de agradecer a platéia, convidados, Deus e todo mundo. O Doutor sai do palco, caminha em direção à camera, desvia com habilidade, dá a mão para um mulher (que suponho ser dele) e saem juntos do palco, quase correndo, sorrindo e conversando. Agora me digam... para quê? Será que é para mostrar que é um bom marido, tem esposa, e por isso pode palpitar na vida alheia? Nem a Seleção Brasileira entrando de mãos dadas na Copa foi mais besta que isso...

quinta-feira, novembro 20, 2008

:O

Como tem gente ingênua nessa mundo virtual. Acabei de receber um e-mail de uma amiga me alertando para o "fim do MSN". Isso mesmo! Uns tais de Andy e John (diretores da Microsoft ou coisa assim) estão enviando o e-mail para avisar que a partir do verão(?) o MSN vai ser pago.

Se você não quiser pagar, vai ter que repassar o e-mail para outras 18 pessoas. Assim, seu ícone (qual?) vai ficar azul, e você vai saber que não vai precisar pagar! ASHDAUSHDAUHSDUAHSDUASHDUDSU Ahhhhhhh e eles só tem 538 e-mail disponíveis para serem usados. Todas as outras zilhões de combinações de login já acabaram.

Quem ainda não recebeu aquele e-mail de celulares gratuitos da Ericsson levanta a mão! E aquele que dizia que era possível saber quem te bloqueia no MSN? Uma amiga acreditou, baixou o programa e teve todas suas senhas alteradas ou roubadas! ahsduahduahduahd BEM FEITO!

Nem me fale naqueles vídeos que aparecem no orkut. A curiosidade (muitas vezes mórbida) das pessoas só as prejudica. Agora está rolando um vídeo (inédito, como sempre) da morte da menina de Guarulhos! E tem gente que abre! Sem contar aquela mensagem que viu fotos comprometedoras suas em outro perfil...

Se o MSN passar a ser pago, sem dúvidas haverá uma propaganda maciça da Microsoft avisando. Ela não vai querer perder o mercado para outros tipos de serviços de mensagens gratuitos. A renda não vem dos usuários, e sim daquelas propagandas que aparecem!

Não vai ser um e-mail repassado por um zilhão de pessoas que vai te salvar disso ou de qualquer outra ameaça cibernética!

Larguem mão de abrir esse tipo de e-mail e seus anexos. Parem de repassar essas babozeiras. Quem sabe assim nosso spam diminui consideravelmente e esses hacker vão usar a inteligência para fazer o bem...

quarta-feira, novembro 19, 2008

Servir bem para servir sempre!

Tem coisa mais chata do que ficar conferindo suas contas de telefone celular ou de TV a cabo? Todo mês ter que olhar minuciosamente valor por valor, número por número para saber se você está sendo enganada?

Uns meses atrás descobri que a SKY estava cobrando uma "Assistência Premium" que nunca pedimos. Como a cobrança vai direto para o cartão de crédito e a gente não recebe nenhum boleto(!) - é verdade, devemos ser os únicos assinantes da zona urbana, onde o correio é diário, que não recebem o boleto, apesar das inúmeras reclamações - às vezes esquecemos de olhar no site.

Liguei reclamando na época. Foram cobrados ao longo dos meses R$70 indevidamente. A moça pediu desculpas, jurou pela mãe que não ia acontecer novamente. Marcou a devolução do dinheiro para o outubro.

Hoje resolvi dar uma olhada no site de novo. E adivinhem??? Devolveram o dinheiro, mas passaram a cobrar por 2 canais que não pedi! E no mês de dezembro (a fatura já está lá para ser vista), voltaram a cobrar a bendita "Assistência Premium"!

Liguei furiosa para o SAC... O rapaz disse que foi um "erro no sistema", mas que iriam devolver e ainda me dar um desconto. Eu até entendo que não deve ser culpa dele, mas deixei bem claro: da próxima vez eu nem vou me dar o trabalho de ligar lá; vou direto no Juizado especial pedir dano moral!

Haja paciência...

sexta-feira, novembro 14, 2008

Coisas de família

Minha mãe foi a primeira dos quatro filhos a casar. Quando chegou a vez da minha tia, já haviam se passado mais de 15 anos do casamento dos meus pais.

Nossa família é bem grande. Não o núcleo (agora somos 8 primos), mas aquela parentada toda que chamamos de tios (mas que são primos dos nossos pais) e de primos de 2º Grau (e que na verdade nem herdariam nada da gente de tão longe que estão na árvore genealógica; nem o direito os considera parentes).

Como todo casamento que se preze, foi um acontecimento. Convites enviados pelo Correio para todo lugar do Brasil. Até Rondônia recebeu um. Alguns convidados foram chegando com dias de antendência, como se preza uma família que adora ficar amontoada e particiar de tudo. Mas isso é a família da minha avó.

A família do meu avô (que é tão grande quanto), é mais dispersa. Só se encontra em casamentos e velórios. Moram quase todos na capital. E de lá que vieram a irmã do meu avô, marido, filhos e genro para o casamento. Chegaram em cima da hora, já de noite e sem o convite nas mãos.

Meu tio não se fez de rogado e afirmou que sabia exatamente onde era o casório. Afinal a cidade não era tão grande assim. E partiram para a Igreja. Quando chegaram a cerimônia já tinha começado. Igreja lotada. Tiveram que ficar no fim de tudo, em pé.

A tia não se conformava. Tinha perdido a entrada da noiva (acho que naquela época o cortejo se limitava à noiva e daminhas) e não estava conseguindo ver direito. Além disso, estava achando tudo muito estranho. Só tinha gente "esquisita" naquela Igreja.

O tio mandava ela parar de resmungar. Como é que ela queria conhecer os convidados se ela tinha vindo de outra cidade? "Concentra no altar!". Ela resolveu obedecer. E achou mais esquisito ainda. A cunhada (minha avó), sempre tão elegante, estava parecendo um repolho naquele vestido verde bufante. Não podia ser! Onde foi parar tanta classe. Ela só poderia ter ficado doida.

Quase 40 minutos de reclamação depois, a cerimônia chega ao fim. E vem o cortejo de despedida. E tudo se confirmou: eles estavam no casamento errado! A igreja era a mesma da minha mãe, mas não era a do casamento da minha tia! E lá foram eles correndo em busca das outras Igrejas.

Numa época onde celular não exisitia, acabaram por chegar na festa, já que não acharam a Igreja certa. Atrasados...

quinta-feira, novembro 13, 2008

Assunto Sério

Eu não gosto de correntes, sejam elas de cartas ou de e-mail. Deleto logo de cara, sem ao menos passar para a segunda linha. E fico particulamente furiosa quando recebo correntes que "rogam pragas" no final se você não reenviá-la para 1.342.173 pessoas em 10 minutos...

Também não gosto de e-mails que tratam de crianças doentes (aquele caso famoso do rapazinho que tinha uma doença que nenhum médico sabia o diagnóstico deve estar rolando na internet já 10 anos... e os pais já até fizeram um site para desmentir parte do texto. Pena que não consigo lembrar o nome do rapaz para pode postar os site aqui!), nem de pessoas desaparecidas. A gente nunca sabe se é verdade ou não. Como vou ficar repassando isso sem saber se procede a informação? Na dúvida, não repasso!

Ontem, em uma comunidade do Orkut, fiquei sabendo do caso da Clara. Não é uma corrente, não é um caso falso. Os pais dela estão pedindo a nossa colaboração para arrecadar fundos para custear um tratamento com células tronco na China. Não vou ficar aqui me prolongando, mas no site que eles desenvolveram(Um real por um sonho) vocês podem encontrar todas as informações disponibilizadas por eles. Incluive fotos da menininha, vídeos e reportagens de jornais e TV.


Reportagem do SBT

Não sei se o tratamento irá funcionar. Pode ser que sim, o que seria uma alegria. Tive um primo que era portador da Distrofia Muscular de Duchenne. Na época, e não faz muito, não tinha cura. Apesar de ter um e-mail na internet circulando dizendo que nos EUA tinha e para lá os autores do e-mail queriam levam o filho. O problema é que não tinha cura mesmo (e ainda não tem) e nem fotos para comprovar o menino existia. Só o número da conta.

No caso de Clara, temos fotos, depoimentos dos pais, reportagens... tudo! Pode ser que não seja a solução, mas acho que deixar de ajudar (1 real! é o que eles pedem) é muito cruel...

terça-feira, novembro 11, 2008

Sempre ela!

Retorno triunfal da nossa série "Notícias que mudam o mundo"!


Como se fosse algo inédito a nudez dela! ahdausdhaudhuahduashd Das outras vezes que ela tirou a roupa (na Playboy, na Vip e nas novelas em geral) era em favor de quê? Da arte? ashduahduahduahduahudhaudhu

segunda-feira, novembro 10, 2008

Nonsense

Ontem, pouco antes de dormir, "zapeando" a SKY, deparei-me com o "Irritando Fernanda Young". A entrevistada era a Priscila Fantin. O que (e quem) em nada contribui para a minha crítica.

Eu gosto dos textos da Fernanda. Rolava de rir com "Os Normais" (ganhei até o livro), me divertia com a "Comédia da Vida Privada", etc. Mas alguém pode me dizer a razão dela ter coragem de fazer um programa tão chato na TV?

Chato é até eufemismo. É ruim mesmo! Aquelas caras (falsas) de indignação que ela faz. As interrupções sem-graça, as perguntas idiotas... Nada daquilo se salva. Talvez o objetivo era ser engraçado; mas, sinceramente, está muuuuuiiiito longe disso. Pode ser que a intenção era justamente ser hipócrita. Ela finge a indignação e a gente finge que acretida naquilo. O problema é que ela é PÉSSIMA ATRIZ.

No fundo, acho que o programa deveria mudar de nome. Que tal: IRRITANDO O TELESPECTADOR?

sábado, novembro 08, 2008

:(

É povo, não foi dessa vez... alguns pontinhos me separaram da segunda fase. Passada a fossa, já estou aqui estudando para a próxima (prova, diga-se de passagem).

Muito obrigada pelas mensagens de boa sorte!

sábado, novembro 01, 2008

Tem início a batalha!

É amanhã! O primeiro dia da batalha de se chama "concurso". Ou seria o segundo embate, já que o primeiro foi esse tempo todo de estudo?

Estou com a sensação de "vazio na cabeça", ou melhor, de "dor de cabeça" (que não passa por nada) somada ao "branco pré-prova"...

Daqui a pouco eu já esterei no avião, rumo ao momento que pode começar a decidir uma nova etapa da minha vida.

Só pesso a Deus que ilumine meu caminho e que me acompanhe!

Volto semana que vem com notícias!

terça-feira, outubro 28, 2008

Cópia pirata!

Ontem fiquei sabendo que dois blogs que eu leio sempre foram clonados. Pessoas inescrupulosas, para dizer o mínimo, "roubaram" fotos, histórias, família desses blogs, sendo que uma delas criou um perfil falso no orkut (cheio de amigos)! É muita falta de respeito; é mal-caratismo no último grau.

Eu sempre tive medo de postar minhas fotos, a gente nunca sabe quem são nossos leitores. Tenho vocês, minhas amigas fiéis, e outros quase 100 leitores anônimos (vide Sitemeter). Quem me garante que são pessoas boas? NINGUÉM! Detesto adicionar pessoas que não conheço no orkut. Você participa de uma comunidade, escreve coisas que os outros gostaram, e chovem pedidos para serem adicionados. Eu nego mesmo! E sem dó! Não fico falando por aí com estranhos e vou fazer isso através de uma ferramenta que não me dá chance de saber se a pessoa é real?

Fiquem atentas às suas fotos. Evitem postá-las por aí! Pode acontecer que um desocupado(a) safado passar a utilizá-las como se dele fossem...

PS: Quebrando o clima pesado do post, está rolando na internet um vídeo que promove o game Guitar Hero... legalzinho... mas o original é 1000 vezes melhor! Confiram!

Cópia simpática


Original muuuuuiiooo melhor!

domingo, outubro 26, 2008

Alô, alô? Planeta terra chamando!

Aêeeeeeee! Nada como um cunhado entendido do assunto por perto para poder resolver aqueles problemas que nós não sabemos de onde surgiram!

Um mero conflito de senhas "derrubou" minha internet. Eu tinha mesmo pedido para o IG me mandar um senha nova no e-mail do Yahoo, mas como não recebi nada, achei que não tinha funcionado. Pois bem, para ele funcionou e minha senha foi alterada. Só esqueceram de me avisar...

Já estamos de volta! Como estão vocês???

sexta-feira, outubro 24, 2008

Houston, we have a problem!

Minha internet "banda larga" não funciona desde terça-feira. Já tentei de tudo: liguei para o provedor, restaurei o sistema do computador, desfragmentei o disco, exclui os erros, instalei uma nova conexão... e nada!!! Se não fosse o computador do marido (que chegou ontem de noite de viagem) e a boa e velha internet discada (a "banda larga" sumiu do computador dele também), eu estava literamente fu####.

Apesar de estar precisando da internet para coisas do trabalho, o que mais está deixando irritada é essa sensação de estar em órbita, e sem contato com o resto do planeta. Eu quero ler meu jornal diário e não posso. Quero saber das novidades dos meus blogs preferidos e não consigo. Quero saber se já marcaram a data da outra prova (a primeira é no domingo que vem) e não tenho como acessar o site da instituição nem o D.O.E!!!!! Isso é de enlouquecer!!!!!!

O cunhado "cientista da computação" está por essas bandas, desde ontem a noite, para trabalhar. Vamos ver se consigo que ele venha até aqui resolver esse problema. Senão, vou ligar no VELOX e dizer que quero cancelar tudo. Para quê ter uma internet que não funciona? Vou colocar essas bandas 3G e posso usar até no carro se eu quiser!

Espero voltar ou normal logo!

domingo, outubro 19, 2008

¿ Por qué no te callas?

Uma das piores coisas de se voltar à sala de aula tradicional são os alunos. Digo tradicional, porque em cursinho preparatório para concursos ninguém abre a boca, a não ser que a dúvida seja pertinente. Se tem medo, pergunta depois para o professor. Fazer gracinha na sala é algo impensável.

Comecei a fazer pós nesse semestre. São 50 alunos, sendo 90% deles promotores, juízes e delegados. O restante se divide entre advogados, um padre(!) e uma estudante (eu!). Numa sala de aula dessas você imagina que o silêncio impera, as discussões banais não ocorrem e o professor pode expor sua matéria com calma. Ledo engano. E eu já estou com birra disso.

Como é que pode um homem, adulto, trabalhador, que se dispos a passar a sexta e o sábado estudando querer ser o centro das atenções e toda hora falar por cima do professor? Não tem assunto, matéria que resista às interrupções dele. Nessa semana tivemos matéria nova (Hermenêutica Jurídica; nome pomposo para matéria chata; apesar do excelente professor). Mal a exposição do assunto tinha começado e ele já levantou a mão pergutando o que o professor achava (?!) sobre o uso de algemas e se a interpretação data pelo STF tinha sentido.

Puta $#%#! Era o primeiro tópico do assunto. A professor estava explicando como surgiu a hermenêutica no séc. XIX e o cara já fala do STF? Tenha santa paciência! E cada vez que ele abre a boca (tentando ser engraçado a maior parte das vezes), meu ódio só aumenta.

Isso porque nem começamos a matéria penal propriamente dita! Algo me diz que essa pós vai ser mais sacrificante do que eu esperava... Juro que tenho vontade de imitar o D. Juan Carlos!

quarta-feira, outubro 15, 2008

Desencontros

Saí agora a pouco para ir na academia. O maridão chegou do trabalho mais cedo e estava aproveitando para cochilar (leia-se: dormir igual pedra). Avisei que estava saindo. Ele resmungou algo sobre "a chave do carro".

Em cima da mesa da sala estava a chave do carro que ele usa (que, nos últimos tempos fica, direto com o sogro). Achei que ele estava me alertando que o carro dele estava atrás do meu. Saí feliz, rumo à tortura diária.

Terminada a aula, entro no carro e meu celular toca (eu deixo a bolsa dentro do carro para não precisar ter que usar o vestiário). É o marido: Cadê você? Eu? Tô saindo da academia, oras! Por quê? Porque eu estou ligando sem parar e você não atende. É claro que não atendo, deixei o celular no carro. Mas eu liguei na academia e a mulher disse que você não tinha ido! Eu? Como assim? Acabei de dar tchau para ela!

Nos encontramos na porta do supermercado (meio caminho entre minha casa e a academia). Marido tenso: Fiquei preocupado! Você sai; não atende o celular; a mulher disse que você não foi... não faça mais isso! E ainda levou as chaves dos dois carros! Eu estou atrasado para ir na minha aula! E eu insistindo que a recepcionista era louca! Que tinha cumprimentado na entrada e tudo...

Ele me deixa em casa e sai para ir na academia dele (fazemos em lugares diferentes). Entro em casa e passo pelo computador. Tela aberta, com um telefone de academia. Sim ele me ligou. Não, ele não ligou para a academia certa! É claro que eu não tinha aparecido por lá!

Agora fica a dúvida: Será que tem outra EU por lá? Nome e sobrenome? Ou a recepcionista achou melhor não contrariar um doido no telefone? Cada uma, viu?!

segunda-feira, outubro 13, 2008

Toda nudez será castigada

O Pedro Cardoso anda por aí reclamando da nudez. Parece que ele leu um manifesto, quando a estréia do seu último filme, conclamando aos atores (atrizes, principalmente) se insurgirem contra a nudez desnecessária. Foi o suficiente para ser massacrado!

Segundo o crítico Inário Araújo, o ator "propõe um problema que não existe". Não existe para quem, cara-pálida? Para o crítico que não é mesmo, já que ele só deve ficar pelado no chuveiro da casa dele! Outros o chamaram de "moralista", "retrógrado", "estúpido" e "inquisidor". Claro, tudo isso dito por diretores. A única atriz que se rebelou foi a Lucélia Santos (que diz ser a atriz mais nua do cinema e não se importa). Não sei porque?! *

É lógico que tem nudez necessária, mas também é claro que tem muito mais desnecessária por aí! Ou só sou eu que fico constrangida com cenas bobas feitas só para captar a audiência (vide as minisséries da Globo). Isso acontece tanto na TV quanto no cinema. E haja mulher pelada e cena de sexo para deixar aquele filme ou minissérie porcaria mais animados. Era melhor fazer um pornô.

Não sei porque o Pedro Cardoso resolveu levantar essa bandeira, até porque, não me lembro dele pelado em nunhum lugar (dizem que ele se revoltou com a cenas de nudez de sua namorada-atriz e com a exibição particular dela pelo diretor do filme, antes mesmo de qualquer edição das cenas), mas ele tem o meu apoio.

Chega de mulher pelada joga na nossa cara sem contexto nenhum com a história. Chega de cenas de sexo feitas só para levantar a audiência. Queremos textos bons, autores bons, atores melhores e histórias que tenham nexo!!!!

* Para mim, a atriz citada é uma das maiores canastronas da TV e do cinema brasileiro. Pode dizer o que for da Isaura, mas a atriz é medríocre.

sexta-feira, outubro 10, 2008

Putz grila!

É duro morar longe, viu? Tive problemas com a inscrição em um concuso. Vou ter que apresentar a documentação complementar até setxa-feira da próxima semana. O problema é que a TAM não aceita usar a milhagem com menos de 7 dias de antecedência da viagem! E as passagens estão os DOIS OLHOS DA CARA!!!!!!!!

Já liguei para Deus e todo mundo para ver se consigo quem me ajude. Minha mãe se disponibilizou a ir para São Paulo (de ônibus, porque ela não dirige lá sozinha) para levar uma cópia de diploma. Não acho justo. Vamos ver o que eu consigo resolver por telefone, antes de pedir para ela ir...

Sem contar que continuam sem dizer a data da prova. Nem desse concurso, nem do outro. E eu ainda tenho as aulas da pós-graduação que não posso faltar. Vou passar o fim de ano no aeroporto, tô até vendo.

Tomara que todo esse sacrifício sirva para alguma coisa. QUERO PASSAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, outubro 07, 2008

Assaltaram a gramática; assassinaram a lógica!

Uns dias atrás, o "querido" presidente assinou finalmente o acordo que regulamenta as mudanças no nosso português. E eu já estou ficando preocupada!

Algumas coisas, a princípio, facilitam a vida. Não existe mais o trema. Ótimo, não perdermos mais pontos em concursos por esquecimento. Mas como fica a pronúncia? A gente sabe que linguiça é "lingüiça", mas será que vai permanecer assim para todo o sempre? Será que tirando o trema, com o passar dos anos, a pronúncia não vai mudar?

O mesmo vale para os acentos agudos em ditongos abertos de palavras paroxítonas (heim?). A gente sabe que ideia é a boa e velha "idéia". O que impede de as pessoas passarem a falar "idêia", já que não tem o acento?

E o hífen, então? Eu já tinha dificuldade de entender as regras. Usava nas palavras que eu já sabia a escrita; quando tinha dúvida, preferia usar um sinônimo. Agora mudou tudo. Microondas agora tem hífen: micro-ondas!

Tem coisa mais feia que antirreligioso??? No entanto, se o prefixo for super, hiper e inter, ainda tem hífen! Não era melhor então colocar tudo no mesmo saco? Ou seja, todas as segundas palavras iniciadas com "r" e "s" vão ter essas consoantes dobradas, indepedente do que vir antes. Seria interracial; mas vai continuar sendo inter-racial. Qual é a lógica?

Ahhhhhhhhhh não se esqueçam que palavras com término e início com vogal agora são grafadas juntas: extraescolar vai ser o trabalho as crianças vão ter para aprender tudo isso novamente!

Mas já disseram que a palavra for formada por substantivo, adjetivo, numeral ou verbo, terá hífen. Ou seja, é o samba-do-crioulo-doido! (será que tem hífen?)

quinta-feira, outubro 02, 2008

Coisas estranhas

Depois de meses de muito sol, calor e suor, nada como um dia chuvoso para deixar a gente mais feliz! Eu heim... nunca pensei que diria isso!

quarta-feira, outubro 01, 2008

Virgínia´s World

Uns dos meus desenhos preferidos, quando eu era pequena (ou melhor, quando eu era criança; pequena eu ainda sou!), era O Fantástico Mundo de Bobby. A história, basicamente, se resumia às "viagens" que o garotinho tinha cada vez que alguém falava algo ou contava alguma história; isso porque ele levava tudo ao pé-da-letra.

Fico pensando, quem inventou esse desenho sabia mesmo das coisas. Têm bicho mais literal que criança? Pelo menos naquela época, em que a ingenuidade era algo ainda presente, a gente tinha um mundo a descobrir...

Quem nunca fugiu da avó com a faca correndo atrás para "cortar o galo" depois de uma queda? Eu já!
Também me lembro que minha bisavó havia caído no quintal e quebrado a perna. Eu deveria ter uns 5 anos. Foi aquele rebuliço. Ela voltou do hospital alguns dias depois (já era uma velhinha) e ficava a quase o tempo todo no quarto. O problema é que eu não queria vê-la de jeito nenhum! Não tinha Cristo que me convencesse a entrar por aquele corredor. E quando eu entrava, passava correndo pelo quarto dela, sem olhar. Tudo porque NINGUÉM me explicou que quebrar a perna era algo corriqueiro. Bastava por uma bota de gesso e tudo se resolveria. Para mim, ela tinha ficado sem a perna (igual boneca manca, sabe?) e eu não queria ter que ver aquilo!

Outra vez , durante uma crise de raiva (minha irmã tinha "roubado" meu briquendo novo - aquele "Kit-Frit"... que a gente punha água e"fritava" bacons, hamburgueres, ovos... negócio saudável) empurrei aquele bebezinho indefeso. E ela bateu com a cabeça na grade da escada. Abriu um rombo... novamente aquela correria. Liga para o médico amigo, todos voando para o hospital. Só eu e minha bisa em casa. Veio a notícia. Ela iria ter que "costurar" a testa. Foi a deixa para minha imaginação voar longe. Eu já conseguia ver minha irmã deitada de baixo de uma máquina de costura com a cabeça num buraco feito justamente para colocar a parte cortada. E o médico ia costurado, tal como o povo fazia com o tecido. Que horror!
Crianças...

sexta-feira, setembro 26, 2008

Ai que ódio!

Eu aqui tentando estudar, mas tem um FILHO DA #### se esgoleando num carro de som que não quer deixar! Eu estou quase indo lá na rua para socar ele!

Me recuso a votar em canditado que enche o saco do eleitor desse jeito! Passar de carro ainda vá lá; é chato, mas são alguns segundos de atormentação. Mas faz 1 hora que o cara está aqui na frente convocando o povo para uma passeata... sem noção total!

E as provas se aproximam...

quinta-feira, setembro 25, 2008

As aparências enganam... e muito!

Engraçado como é fácil enganar as pessoas. No interior, quase todo mundo se conhece, mas poucos conhecem realmente bem uns aos outros. A gente sabe que fulano tem aquele carrão, mora numa bela casa, tem bons relacionamentos. É rico. Só que, quase nunca, sabemos como é a casa por dentro; se o carro é "leasing" de 96 meses (EXISTE!), etc... Resumindo, é muito fácil pagar de "milionário".

Hoje eu estava fuxicando no orkut e por incrível que pareça, esse fenômeno não se restringe às cidades pequenas. Conheço uma pessoa que os pais são de classe média. Teriam um bom padrão de vida se não fossem um pouco desrregrados nas economias e os filhos não gastassem tanto. Eu sei o quanto é difícil a vida deles, o quanto foi difícil construir a casa no bairro melhor porque os filhos queriam que fosse lá, todo o patrimônio herdado (que não era grande) vendido para sustentar os sonhos dos filhos.

Mas eles não queriam faculdades boas, estudar fora para melhorar o idioma e ter mais chances na vida; eles queriam (e querem) mostrar o que não são. E o pior: conseguem!!! O rapaz paga de milionário (daqueles de verdade) no orkut e seus quase 500 amigos acreditam naquilo. São fotos de iates, helicópteros, viagens no exterior (que só a mãe dele sabe o tamanho no rombo que causou nas contas, que demoraram anos para serem pagas)... até se insinua proprietário de um restaurante!

Sim, insinua porque acredito que ele não tem coragem (ainda) de dizer que tem tudo isso, porque sabe que tem gente que conhece a verdade. E ela não é não glamurosa assim. As fotos não são montagens, ele está naqueles lugares mesmo, mas ao invés de ficar quieto, dá a entender que é tudo dele... meu Deus! E o povo vai caindo na lorota...

Agora eu vejo como é fácil fingir ser o que não é. Você é uma pessoa despachada, já é um começo. Sai em baladas caras e consegue sem dificuldades fazer "amizades"? Pronto. Já está no caminho. Daí para frente é gastar o dinheiro que você não tem (ou o pouco do seus pais) - pagar, depois você dá um jeito - e fazer as amizades certas. Em pouco tempo, você vai ter sendo "bancado" por um que é "mais rico" que você e quer mostrar isso para todos (esse tipo de povo existe e eu conheço váaaarioosss que gastam R$3mil numa noite brincando) e passa a viver na cola deles.

Não vai demorar muito e você já vai estar por "dentro da roda", cheio de amigos importantes de mulheres bonitas aos seus pés (eita mulherada cega e interesseira) e aproveitando a boa vida que esse grupo proporciona uns aos outros. E assim a vida segue... uns enganando e outros sendo enganados...

quarta-feira, setembro 24, 2008

terça-feira, setembro 23, 2008

sexta-feira, setembro 19, 2008

Já ouço as trombetas

O Gastón já tinha avisado que o apocalipse estava próximo, mas hoje eu tive a confirmação! Voltando para casa me deparei com nada menos que três outdoors anunciando o imperdível show do Roberto Justus!

Meu Deus! Além dele atormentar os amigos em festinhas em casa; encher o saco dos funcionários nas festas de final de ano da "firma" - que, ainda por cima, devem ter que sorrir e aplaudir para não perder o emprego - ele resolveu que o resto da humanidade tem que sofrer também?!

E o pior ainda está por vir: ELE É PATROCINADO! Sim, no outdoor consta o nome de (pelo menos) 6 empresas daqui, além da cervejaria Skin. Nada como ser influente no mercado...

quinta-feira, setembro 18, 2008

Nós vamos estar enchendo o seu saco...

Tem coisa mais chata que esse povo de telemarketing? Eles ligam para nossa casa nos horários mais inconvenientes; são mais insistentes que sua mãe quando queria que você levasse um casaco na hora e sair; e nunca se dão por vencidos!

Faz dias que a OI liga aqui em casa. Consequentemente, faz dias que eu finjo que trabalho fora! E é a "empregada" que atende. A pobre da mulher sempre pergunta que horas pode me encontrar. O certo seria a "empregada" dizer: Nunca! Mas não tenho coragem. Afinal, a tiazinha só está trabalhando. Culpa tem essas empresas que não arrumar um meio menos "pé-no-saco" de vender seus produtos.

Sempre acabo dizendo que ela (ou melhor, eu) trabalha o dia todo e só chega depois das 8... ela nunca sabe se é verdade e vai continuar tentando até arrumar outra trouxa para atender o telefone.

Uma vez, um desses cursos de informática passou 3 meses ligando em casa a procura do meu avô. (casa é modo de dizer... é a casa dele, mas a gente vive mais lá que nas nossas casas) Segundo a moça que ligava, ela tinha ganhado um fantástico curso de Windows completo! Tudo gratuito! Só desistiu quando minha tia "soltou os cachorros" na moça, dizendo que meu avô era um senhor de 80 anos que não estava a fim de fazer curso nenhum. E que se ela ligasse de novo, o Ministério Público iria ser avisado que eles estavam fazendo propaganda abusiva (olha só o exagero).

Mas a melhor foi com a Embratel. Passaram dias ligando para meu avô (sempre ele, mas ele nunca atende o telefone, e não tem que passar por essas situações chatas) para vender um plano novo de tarifas. Ninguém em casa usa o 21... é sempre 15. Quando não tinha mais desculpa para dar (já que "não" eles não aceitam como resposta), minha tia falou: Olha só, ele viajou para o enterro do Papa ontem (o João Paulo tinha morrido mesmo) e vai ficar pela Europa uns 4 meses passeando depois. Se quiser ligar até lá...

quarta-feira, setembro 17, 2008

Bronca

Cada coisa que se vê por aí...

Um ladrão chamou a polícia ao perceber que, no banco de trás do veículo que havia furtado, dormia um menino de cinco anos, durante a madrugada de hoje, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

Segundo informações do portal Zero Hora, ele ligou para a Brigada Militar informando onde abandonaria o carro.O veículo pertencia a um casal que, segundo o Zero Hora, estava em um bar na hora do furto.

O policial que atendeu à ocorrência chegou a afirmar que o ladrão teria reclamado da irresponsabilidade do casal. "Ele ligou com um tom de indignação pelo absurdo da criança estar sozinha dentro do carro àquela hora", afirmou Cláudia Crusius, delegada do 2º DP, onde o boletim de ocorrência foi registrado.

Ele está certíssimo. Uma coisa é ser ladrão, outra é ser pai irresponsável! ahduahduahduahsduahsduahdsu

domingo, setembro 14, 2008

Notícias que mudam o mundo - parte 3

Está lá na UOL:
"Fico cinco dias sem lavar o cabelo. Para o efeito surfista é melhor assim."
Carolina Dieckmann, atriz que viverá a surfista Suzana em "Três Irmãs", ao jornal carioca "O Dia".

Só tenho uma coisa para dizer: AI QUE NOJO!

sábado, setembro 13, 2008

Onde é que nós estamos?

Segundo a FSP, "Prédio nega a deficiente vaga de garagem com acesso fácil. Vizinhos decidiram que cadeirante ficaria com vaga descoberta, apertada e longe do elevador. Ata da reunião de condomínio na Vila Sônia (zona oeste de SP) registra que não haveria 'concessão a nenhum dos moradores'".

A reportagem diz que "Os condôminos definiram que nem os idosos, nem os deficientes terão benefícios, já que isso fere o direito de propriedade". Sendo que a senhora cadeirante ficou com uma vaga dupla, ou seja, toda vez que ela precisar sair tem que tirar o carro do vizinho de trás do dela. Isso porque a mulher tem uma doença que é degenerativa e traz complicações à coordenação motora gradativamente. Ela está há oito anos sem o movimento das pernas e sofre com engasgos e taquicardias freqüentemente. Ou seja, pode precisar ir ao hospital em uma situação de emergência. Mas antes, vai precisar tirar o carro do vizinho... PUTA QUE O PARIU! Que mundo a gente vive?

Dar uma vaga mais acessível para uma senhora que não anda e precisa de cuidados médicos sérios, é privilégio e fere o direito de propriedade? Que gente mais sem sensibilidade!!!! Nem digo dos idosos, porque tem muito idoso bem de saúde por aí (que o diga meu avô com 83 anos), mas uma pessoa deficiente física não tem escolha. A síndica, com a delicadeza de um elefante, disse que não tinha problema nenhum, porque o marido da senhora não era caideirante, então poderia ir lá e tirar o carro antes...

Na vida a gente não deve desejar o mal para os outros. Mas tem hora que dá vontade, viu? Queria ver se um dia esse povo que votou contra (unanimidade!!!!!) passasse por uma tragédia e um filho ficasse na cadeira de rodas. Aí sim eles veriam o que é bom para a tosse!
Coitada da Sandy, nem casar em paz o povo deixa! Estão há meses especulando sobre onde seria o casamento, onde ela faria o vestido. Depois de quase tudo acertado, começaram a cobrar a ausência de alguns convites. Ou seja, ela tinha a obrigação de convidar certas pessoas que os jornalistas achavam imprescindíveis: Wanessa Carmago, Faustão, até o Raul Gil parece que ficou chateado. A vontade da noiva não conta!


Só quem já passou por isso sabe o drama que é se fazer uma lista de casamento! Mesmo se você tem dinheiro suficiente para cobrir um orçamento astronômico, não dá para convidar todos. A não ser que você faça recepções de casamentos reais, com 1500 convidados. Mas como nós somos plebe, não temos castelos e nossos casamentos não são motivo de reuinões governamentais, temos mesmo que escolher que vai e quem fica de fora. Ela escolheu, e cairam de pau! Sacanagem!


Poucas fotos foram divulgadas (apesar de privacidade almejada, eles têm fãs ávidos por notícias; e não seria justo deixar o povo que te sustenta sem nenhuma fotinho), mas deu para ver que foi tudo de muito bom gosto. Também pudera, né?! Eles enquireceram mas souberam aproveitar como se deve. Nada de capas de revista escadalosas mostrando o dinheiro ganho (eu até hoje lembro da reportagem da Veja com a Zilú, semi-nua, mostrando as jóias!!! CREDO!), nada de abrir a casa para mostrar como é por dentro, nada de estrelismos. Eles optaram por uma festa íntima (nada contra fazer festão, a minha foi gigantesca) e querem ser felizes. É isso que importa!



(fala a verdade, eles estavam bonitos, heim?!)

quarta-feira, setembro 10, 2008

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Surtei! Confesso. Estou no meu limite! Mais um edital saiu, a prova está prevista para novembro. Mas isso não é o motivo do meu surto, ou melhor não é o único.

Não aguento mais a bagunça que meu marido faz em casa. Todo dia eu falo para ele levar o copo até a pia (lavar eu sei que ele jamais vai fazer), jogar a roupa suja no cesto do banheiro, não deixar as meias sujas largadas pela casa, mas ele não me ouve. Ou melhor, diz que vai fazer mas não faz. E nem adianta dizer para mim que é melhor eu deixar tudo espalhado; senão, daqui alguns dias, eu vou estar soterrada e não vai ser pelos meus livros!

Hoje baixou um santo em mim, só pode ser. Fui no Extra e comprei uma caixa de ferramentas e outras aquelas enorrrrmmes de plástico. Porque meu marido não só deixa a roupa espalhada pela casa como também todas as ferramentas que usa (apesar de tudo ele é muito "jeitoso", como diria minaha avó) e toda a tralha de pesca. Sim, o marido pesca. Não vai ter um só cômodo da casa onde você não encontre algo relacionado à pescaria.

São centenas de iscas (alguém pode me dizer porque tem que ter tantas? Será que o peixe sabe qual é qual?) e suas correspondentes caixas (não, elas não estão guardadas nas caixas, mas ele não quer jogar as caixas fora), anzóis, linhas, caixas de isospor, varas... Eu tenho medo de tentar arrumar tudo e acabar perdendo ou estragando. Mas hoje isso vai ter fim! Ahh se vai!

Acabei de jogar tudo o que estava no quartinho de empregada, e não prestava, fora! Foram quilômetros de fiação já cortada e remendada (já disse que temos um aquário em casa e que até hoje ele ainda não terminou de arrumá-lo?), latas de tinta seca, caixas de papelão vazias, até uma "caixa-freezer" teste veio parar da fábrica aqui em casa (e faz 1 ano que eu peço para o marido levar embora). Tudo foi para o lixo!

Ou ele resolve colocar toda a tralha de pesca que couber na caixa que eu comprei, ou eu mesma vou por e o que não couber vai para o lixo! Chega! Minha sanidade mental depende disso. E de pensar que somos nós mulheres, ou melhor, mães que criamos esse tipo desorganizado e dependente! Saudades do meu pai... aquilo era modelo de homem organizado. Mas não foi a mãe que criou, foi a FAB!

Filha da PUC

Segundo a Folha de São Paulo "Os alunos do Centro Acadêmico 22 de Agosto , da PUC - da Faculdade de Direito da PUC, isso sim! - , substituíram Geraldo Alckmin (PSDB-SP) por um chuchu, após o ex-governador ter faltado a um debate com os estudantes, na última quarta. O legume foi colocado na mesa reservada ao político."

Essa notinha resume o espírito de ser "filho da PUC"! Temos (afinal, não estudo mais lá, mais sou filha, oras) consciência da importância das coisas que nos rodeiam, mas sem perder o escárnio jamais!
PS: Será que se a filha dele ainda estudasse lá ele teria faltado? Para ser sincera, ainda bem que ele não foi! Ia ser metralhado por aquele bando de estudantes sedentos por sangue! ahduahudahduh

sábado, setembro 06, 2008

Traumas

A Ana Tejo está lá no blog dela contando como foi o primeiro dente perdido do Montanha. As dúvidas do rapazinho (que por sinal evidenciam uma enorme inteligência - te invejo, Montanha!), a ansiedade para saber o que vem depois e outras "cositas" mais que vocês podem ler lá mesmo.

Hoje ela postou um texto lindo, daqueles que só mães cheias de amor saber escrever, para dizer que aquele dente simboliza ao mesmo tempo o bebê e o rapazinho que está crescendo. E para dizer que guardou o dente!!!!

MEU DEUS!!!! SERÁ QUE SÓ EU TENHO NOJO DISSO? Só pode ser trauma. É isso! Já que meus dentes se recusavam a seguir o curso normal de uma vida de dente (nascer - crescer - ficar mole - cair), tive que arrancar um por um, conforme o prazo de validade ditado pelo meu dentista chegava. O último se foi quando eu tinha 16 anos. Só assim os permanentes desciam (nem dar as caras antes, para ficar encavalados, eles eram capazes). O isso não foi o fim. Ainda tenho dois "dentinhos de leite" devidamente grudados na minha boca, já que os permanentes não existem para substitui-los.

Eu até hoje lembro de tudo nos mínimos detalhes. Chegava o dia "T" (já que a tortura comia solta naquele consultório). Meu pai me levava na odontonclínica (na FAB o negócio é chique, benhê! adhauhdauhd). O "Tio" dentista já sorria lá do final do corredor, quando chamavam o meu nome. Sentada na cadeira começava a peregrinação de aprendizes para ver a minha boca (afinal, já que era um negócio diferente, não custava ajudar na formação dos alunos que ajudavam o veteranos na odontoclínica). Anestesia com gosto de casca de laranja; outra com agulha para doer menos. E o trabalho em si começava...

Só Deus e quem já teve um dente são arrancado sabe o quanto dói. Se é do lado de cima, parece que seu cérebro vai sair junto com ele. Se são os dentes de baixo, seu maxilar vai ser deslocado. Alguns momentos de força depois, lá está aquele dentão gigante no boticão. E com raiz! Porque dente que não tem raiz é aquele que sai pelos meios naturais. Até pontos já tive que levar...

E aí vinha aquela pergunta: "Quer levar para casa?" Quem? Eu? NEM QUE A VACA TUSSA! Quem em sã consciencia leva o símbolo da tortura para casa? E ainda por cima deixa a mãe fazer colar com ele? Tem coisa mais tribal que isso? Impossível. Eu tenho horror, nojo mesmo. Você olha dentro e ainda tem sangue... só mãe mesmo para querer um negócio desses!

quinta-feira, setembro 04, 2008

Ansiedade

Eu sei que ando um pouco ausente. Mas ando sem assunto nos últimos dias. Não ando assistindo TV e tenho evitado ficar fuxicando na internet. A ansiedade impera por essas bandas...

Estão previstas para esse final de ano duas provas! Ai... Ai... a gente espera que o edital saia logo, mas quando sai, passamos a torcer para que a prova demore um pouco mais! Coisa de doido. Aquela sensação de que você não estudou tudo, não sabe nada, volta com tudo. Ao mesmo tempo, você quer fazer a prova logo e saber se dessa vez conseguiu passar de fase!

Estou com pilhas de livros e apostilas em cima de mim. Sem contar que toda hora tenho que conferir se aquela lei que estou estudando não foi alterada. Acho que todo concursando deveria ter direito a uma "bolsa-livro". Não é mole, não! Você gasta uma fortuna para comprar livros de autores bons e que estejam atualizados. Vai lá toda empolgada ler, mas poucos meses depois resolvem alterar a lei. Mas não é uma alteração qualquer, que você pode riscar do livro, mas sim de mudar todo o procedimento... e lá sem vão mais alguns livros para o fundo da estante (porque eu NUNCA jogo livro fora, sempre vai ter alguma coisa útil nele).

Só sei que meu peito anda apertado, as espinhas já surgiram no rosto e faz 4 dias que estou com dor de cabeça. Mas tudo isso vai ter um fim. E espero que seja MUITO PRÓXIMO!

segunda-feira, setembro 01, 2008

Está começando...

Segundo a Mônica Bergamo (da Folha de São Paulo) "Um certo Maicon Alves dos Santos disparou e-mail para mais de 400 jornalistas se apresentando como candidato ao "Big Brother Brasil 9" e se oferecendo para entrevistas. No texto, diz que pode levar "interterimento" [sic] e intrigas à casa do reality show e que o prêmio de R$ 1 milhão realizará o sonho de seus pais, que "lutaram uma vida inteira para conseguir instabilidade [sic] financeira para a família".

Vocês têm idéia de quanto tempo ele deve ter levado para fazer esse textinho? Será que os pais dele eram dados à jogatina? adhuashduashudahsudhaudh

Já tô até vendo... esse BBB vai se animadooooo!!!!!!!

sexta-feira, agosto 29, 2008

Viagem - Parte VI

Eba!! Superamos o Rocky nos números de retornos...

O problema é que eu fico vendo as fotos M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S que a Adriana posta. Muita gente pensa que a gente só encontra esse tipo de beleza no hemisfério norte, bem longe da gente. Ledo engano! Aqui pertinho tem. Não são os Alpes, mas são tão lindos...

Eu já tinha ido até Pucón, no sul do chile. Mas ainda nem tinhamos chegado perto do fim daquele país. Dessa vez resolvemos conhecer os lagos andinos. Pesquisei muito na internet e cheguei à conclusão que era melhor arrumar uma agência chilena. Os preços brasileiros são impraticáveis. Escolhi a VisitChile. Eu havia gostado dos preços, mas como não conhecia ninguém que havia viajado com eles, resolvi "fuxicar" no site e acabei achando um e-mail do Brasil. Era uma pessoa agradecendo a ótima viagem que teve. Não pensei duas vezes e escrevi para essa pessoa. Expliquei que ela não me conhecia e que eu estava querendo referências da agência. Como ela recomendou eu resolvi arriscar.

Todo o contato foi feito por e-mail e o pagamento no cartão de crédito (o único problema é não poder parcelar). Fechei um pacote de 5 dias para Puerto Varas, Peulla e Bariloche. Foi lindo demais!!!!

Chegamos em Puerto Montt por um vôo da Air Comet (mais barata que a Lan). E já tinhamos um city tour à espera. Depois nos deixaram no hotel em Puerto Varas. Dica: não fiquem em Puerto Montt. Não é uma cidade bonita. É uma cidade portuária, com casas de madeira e clima de filme de terror. Puerto Varas é pequena. Charmosa. E tem uma vista expetacular para o vulcão Osono.
Infelizmente essa vista a gente perdeu, porque outro vulcão entrou em erupção e estragou nossa vista da janela que teríamos da janela do quarto (Hotel Bellavista). Nada que um passeio não resolvesse.

Nós fechamos o pacote do Cruce de Lagos, mas o lado argentino do passeio estava temporariamente destivado. Então, fizemos o passeio do lado chileno, almoçamos em Peulla e voltamos à Puerto Varas.

Quem consegue passar de barco para o lado argentino tem duas opções: fazer tudo em um dia só ou dormir em Peulla. Peulla é um vilarejo minúsculo no meio do lago, que tem dois hoteis. Eu já aviso, se for ficar, tenha paciência de ficar algo onde só tem de interessante a beleza do lugar. E escolha o Hotel Natura. O outro (Hotel Peulla) é velho demais.



O passeio (como vocês podem ver pelas fotos) é lindo, muito lindo. Eu recomento muito. O lago em cor de esmeralda e a vista dos vulcões e dos picos nevados é de tirar o fôlego.

Como não pudemos seguir viagem dali para Baroliche, voltamos à Puerto Varas no barco mesmo, despois de ter almoçado em Peulla (lá tem opções de passeios à cavalo, quadriciclo, ônibus e trekking). Chegamos de noite e podres de cansados. Mas valeu demais.

Viagem - Parte V

Última dica para quem vai para Santiago. Não deixe de conhecer uma vinícola. É super interessante, e você ainda pode experimentar alguns que não são vendidos no Brasil.


Eu já conhecia a Undurraga. Estive lá com a escola quando fui fazer intercâmbio pela segunda vez. O tour é mais técnico. Você passeia pelo vinhedo, vê como são armazenados os vinhos (os tonéis de aço e os de madeira), ouve a história da vinícola e ainda experimenta um vinho deles. Tem loja para você levar o vinho do seu gosto para casa.


Dessa vez fomos conhecer a perdição da nossa vida, a Concha y Toro. Não ficamos uma vez sem ir ao supermercado e trazer um vinho deles. Eu adoro um Sunrise, mas isso é papo para outro post. Vantagem dessa vinícola é que você pode chegar bem perto indo de Metrô. Você toma o trem na estação TOBALABA e desce na LAS MERCEDES. Lá é possível ir de taxi ou de micro-ônibus (linhas regulares mesmo, não são fretados). Se preferir ir de taxi fique sabendo que não é longe. Assim você não é enganado pelo taxista.


Na Concha y Toro o tour é mais chique. A quase totalidade dos vinhedos deles estão espalhados pelo Chile, você quase não vê as vinhas. Mas o bosque da casa é lindo demais. Eles explicam tudo e ainda você experimenta alguns. Ainda possuem um bar onde você pode comprar vinhos em taça e ir de um em um até escolher qual gosta mais e até ficar "borracha"! eheheheheheh Pena que eles não vendem no Brasil toda a variedade que possuem. Ahhhhhh e tem uma lojinha tipo "Disney", com as bebidas e souvenirs.

(esse é dos bons!)

segunda-feira, agosto 25, 2008

Xepa

Está rendendo na internet hoje o post-desabafo da Preta Gil. Ela colocou fotos daquela tal de "Mulher-melancia" e outras fotos dela (Preta) e disse que não vê diferença entre elas. A tal fruta é tão gorda quanto, mas é tachada de gostosa e sai na capa de revista sexy. Por quê ela foi humilhada em razão da forma física e as outras são "gostosonas"?

Olhando bem as fotos dá para ver que a Da. Preta tem razão. Essa mulherada tá fora de forma e os homens acham que são "gostosas". Mas para isso não é preciso muito coisa. Basta rebolar num palco, sob um som infame, com umas "micro-roupas" que você vira símbolo sexual, mesmo que por 15 minutos.

O que mais me incomoda não é o homem achar uma mulher dessas é digna de capa de Playboy, afinal, gosto não se dicute; e sim a relação mulher-fruta. Me dá aquela sensação de mulher-obejto, sabe? Algo comestível, que você aproveita o que tem de bom depois joga o bagaço fora. No fundo, é o que vai acontecer com essas mulheres. Vão ser descartadas uma a uma. A tal "Melancia" já foi substituida pela "Morango", que foi ultrapassada pela "Jaca" e por aí vai.

Enquanto isso elas vão capitalizando sobre a fama-relâmpago e o feminismo (aquel ideal de mulher independente, não submissa, "igual ao homem") vai por água abaixo ou seria "suco abaixo"?

quarta-feira, agosto 20, 2008

Criancice

Tá lá no orkut para todo mundo ler, a futura nora está com raivinha do sogro porque esse contratou o mesmo buffet do futuro casamento dela para uma festa supresa para a sogra!

A belezinha está magoada porque ela é que conhecia o buffet, negociou tudo sozinha, o sogro só por uma coincidência precisou ir com ela lá para resolver um problema. E ele tem a cara-de-pau de utlizar o mesmo buffet misterioso para a festança da sogra sem ao menos consultar a norinha antes?

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh que raiva de não poder postar anônima! ahdaudhaudhuahduahd

Tomara que a festa da sogra seja um sucesso e o casamento nem tanto. Só para ela ver que noiva, assim como mãe de primeria viagem, não é o centro do universo!

ASS: Ex-noiva normal!

Impotência

Minha tia está há 1 semana dormindo na casa do meu avô com o marido e o filho. A casa estava sendo pintada, ela está grávida e não queria ter incomodo.

Ontem a casa dela foi assaltada. LEVARAM PRATICAMENTE TUDO O QUE ELA TINHA. Computador novo, DVD, máquina digital, todos os relógios dela e do meu tio, as jóias da vida toda, as raquetes de tênnis, os tênnis e TODAS as roupas do meu primo!! Acho que só não levaram o ar-condicionado e a TV por causa do peso.

Ela está desconsolada. É a segunda vez que entram lá desde que a obra do vizinho começou. Na primeira vez não conseguiram entrar na casa, só levaram as roupas do varal (até os uniformes de escola do meu primo foram junto). Depois de uns meses ela percebeu que tinha sido levada a máquina "vap" dela. Agora conseguiram entrar e fizeram a "rapa".

Não é do meu feitio ficar acusando pessoas só porque tem origem humilde, mas é incrível como assaltos em cidades pequenas quase sempre estão relacionados com obras em casas vizinhas! Não sei se o cara que trabalha nessa profissão é o ladrão (vide o finado Linha Direta... muitos assassinos e ladrões mudavam de cidade e ir para a construção civil, já que em trabalho desse tipo quase ninguém tem o costume de checar referências e antecedentes criminais) ou é boca mole e fala para alguém ou perto de alguém sobre os hábitos dos vizinhos da obra...

Ainda bem que não foi nada de mais grave. As coisas podem ser compradas novamente. Mas nada pode substituir a dor de ter perdido uma lembrança... o relógio que ela ganhou quando fez 15 anos da madrinha que já morreu, os anéis que ganhou do marido nas datas especiais, os presentes que minha vó deu antes de morrer... não dá para voltar atrás e repor tudo...

Sacanagem... agora é colocar grades na janela e cerca elétrica e cair na realidade: ninguém e nenhum lugar está a salvo hoje em dia!

terça-feira, agosto 19, 2008

Notícias que mudam o mundo

Tá no jornal "O Dia" de hoje, a ex-BBB (sempre eles, não?) Gisele Soares falou sobre o "desafio" de posar nua e como o enfrentou: "Tomei uma taça de vinho branco, no primeiro dia. No início fiquei um pouco tímida, mas depois me soltei. Posso dizer que estou bem feliz com o ensaio, fui tratada como rainha".
Ahhh, faça-me o favor! Tomou uma taça de vinho e isso já fui suficiente para deixar ela "solta"? Tem dó! A mulher rebola praticamente pelada no palco em seu "show". Mostrava os fundilhos na TV quase todos os dias, e vem me dizer que só com UMA taça é que ela perdeu a timidez? Nem eu que não bebo nunca sou capaz de tirar a roupa por R$200mil só com UMA TAÇA DE VINHO!

Meu ouvido deve ser penico...
(quantas taças ela tomou para mostrar o popozão de graça?)
Ahhh tem mais fotos "Lindas" dela no De Cara pra Lua!

domingo, agosto 17, 2008

$¨%$¨%#%#&%&¨%*&

Puta que o #%¨%$¨%#¨&*¨%&%&!!!!!!!!!!! A PORTA DA MINHA GELADEIRA CAIU!!!!

Fui pegar um refrigerante para o marido. Abro a bendita porta. Pego o que queria. Quando vou fechar ela sai na minha mão; carregando junto a porta do congelador! É inacreditável!!!!!

Putz grila, viu?! Só tem 1 e meio de uso. Marca boa (é Bosh)... tô passada. Agora ela está lá escorada com o guarda-varas do marido, esperando dar 8 da manhaã para eu ligar no SAC... Acho que amanhã vai ter atentende ouvido barbaridades por aí, não sei por quê?

sexta-feira, agosto 15, 2008

Coisas da vida...

Li hoje que os atores Johnny Depp, Colin Farrell e Jude Law, decidiram doar para a filhinha do ator Heath Ledger o cachê do filme que ele estava filmando e não conseguiu acabar. Os três (ou quatro, na época) fazem o mesmo persongem no filme (pelo que eu entendi).

É uma atitude muito bonita se não fosse um detalhe: o rapaz, quando morreu, era rico, bem rico. Por que então sua filha não vai receber nada? Fui checar a informação. Ele havia feito um testamento beneficiando o pai. O documento foi elaborado em 2003, ou seja, antes da filha nascer.

Agora analisando o aspecto jurídico (vocês me perdoem, mas não consegui fugir disso), é uma tremenda injustiça! Como pode valer um documento feito antes de você pensar em ser pai? Quer dizer, você faz algo enquanto é solteiro. Guarda na gaveta (até porque ninguém fica pegando o testamento para ele todos os dias). Você acaba tendo um filho. A essa altura, nem lembra mais que fez o tal testamento. Você morre... e seu filho fica desamparado! O QUE QUE É ISSO MINHA GENTE???? Até onde a vontade de uma pessoa por ir sem que o Estado interfira? A autonomia da vontade é tão indiscutível assim para os americanos?

Aqui no Brasil a menina seria herdeira necessária, ou seja, receberia tudo. Mas como ele fez o testamento, a vontade dele seria respeitada. Mas só seriam passados para o pai/avô 50% do que o rapaz deixou (que a gente chama de parte disponível). Isso sim é justo. Respeita-se a vontade do morto, mas não deixa um bebê desamparado só porque o pai esqueceu de mudar o testamento...

Sem bem que nada disso tem importância se paramos para pensar que a menina nem ao mesmo vai lembrar como o pai era... triste morrer tão jovem!

terça-feira, agosto 12, 2008

Fim da picada!

Acabei de ler no Yahoo que, segundo a imprensa chinesa, aquela menina de vermelho que cantou na abertura não era a cantora verdadeira. Ela estava dublando!!!! Eu bem que achei que ela estava fazendo isso, mas achei que estava dublando a si mesma.


E o pior não é isso... o motivo de não ter sido colocada a verdadeira cantora foi porque ela não era bonita o suficiente para aparecer! MEU DEUS!!!


A verdadeira cantora se chama Yang Peiyi e, apesar da bonita voz, é uma menina gordinha de sete anos com os dentes fora do lugar. Ou seja, fora do padrão de qualidade que os chineses querem mostram para o mundo.


Eu já disse e repito, A-D-O-R-O os jogos olímpicos. Estou ficando até tarde acordada para ver a disputa. Mas tudo tem limite!


Fico pensando... o quê a gente poderia esperar de um país que não respeita os direito humanos? A liberdade de voto e de imprensa?


Só mais uma para ilustrar o absurdo que está acontecendo por lá: ontem o JN mostrou um vídeo de um cara se acidentando um uma demonstração no intervalo de uma partidade de basquete. O rapaz caiu de cabeça, levou 5 minutos para ser atendido e até agora o governo e os organizadores dos jogos se recusam a dar informações sobre o estado de saúde dele!!!!!

PS: Complementando o que havia escrito: agora faz sentido o que o Galvão Bueno chamou à atenção no dia da cerimônia de abertura!!! Ele (comitê olímpico chinês) não colocou o nome da menina da TV logo que ela apareceu cantando... Nem podereia, né?! Ela era a dubladora! Que vergonha... e ainda disseram (segundo o papel que a Globo estava lendo) que ela tinha sido escolhida numa seleção entre centenas de crianças cantoras... vegonhoso...

segunda-feira, agosto 11, 2008

Quem é o chefe?

Se você acha que não tem controle sobre sua empregada/diarista, é porque não conhece o calvário da minha sogra!

Por motivos que só o destino é capaz de explicar, sogrita está morando aqui no fim-de-mundo. Não na minha casa! Ela e o sogrão alugaram um belo apartamento beira-mar para deixar essa estadia de quase 1 ano confortável. Acontece que a sogrita tem 3 outras casas, cada uma com sua empregada e isso, por si só, já traz problemas.

Da última vez que voltou à civilização, a sogra chegou em uma de suas casas e encontrou a empregada junto com um pintor. A sogra resolveu perguntar o que estava acontecendo. O pintor responde: Ué, Da. Fulana... a empregada me chamou para fazer um orçamento da pintura da casa! A senhora não pediu?

Não, meus queridos, minha sogrita não pediu! A empregada chegou sozinha à conclusão de que "a casa estava muito feia daquele jeito e que se não cuidasse agora iria ficar mais caro depois", então por conta própria já tinha chamado o pintor para ver o preços e escolher o melhor!!!!!! E no final ainda deu um pito na sogra, dizendo que quando ela resolvesse aparecer por lá era para avisar, para ela poder dar uma "ajeitada" na casa...

Vida dura...

domingo, agosto 10, 2008

Viagem - Parte 3

Apesar de ser gigante no comprimento (são 2mil km de norte a sul), o Chile é bem fininho de largura. Ir das Cordilheiras até o Oceano Pacífico não leva mais que 2 horas.

As cidades litorâneas mais conhecidas são Viña del Mar e Valparaíso. É possível partir para lá de ônibus (saíndo de Santiago) ou de carro. O aluguel de um carro bom (da Toyota) sai por US$80 por dia na Avis.

Das duas vezes que fui passear por essas cidades, foi bem rápido. Então, não tenhos dicas valiosas. Mas acho que vocês devem conhecer.

Valparaíso é uma cidade portuária e, na minha opinião, nada bonita. Lá fica o Congresso chileno e uma das 3 casas do Pablo Neruda. Ela segue a mesma linha das outras: apertadinha, com uma bela vista e cheia de objetos estranhos! Definitivamente não é uma casa para moradores idosos. Vale a visita, sem dúvidas.


Viña é uma cidade bem mais charmosa. Prédios novos, bons restaurantes e shopping (sem dúvida o passeio preferido da minha mãe!). Existe também o Hotel Del Mar, que possui um cassino aberto a todos. Mesmo que você não seja um jogador nato, é legal a diversão. A gente gasta pouco (US$10) e fica horas se divertindo na roleta eletrônica (afinal, apostas de 1 em 1 leva teeeemmmmpo para perder tudo!).

Viña tem um por-do-sol lindo. Aqui no Brasil são poucos os lugares onde podemos ver o sol descer no mar (Jericoacoara é um deles), por isso não se pode perder a oportunidade. É possível esperar escurecer e só depois voltar para Santiago. Ou ainda , dormir em Viña e aproveitar o Cassino (nós nos hospedamos no Best Western; fizemos a reserva pelo telefone daqui do Brasil e ainda conseguimos um preço melhor!).


COMPRAS

Outra coisa incrível de se fazer no Chile são compras (minha mãe que o diga! eheheheheh). O chilenos possuem acordos de importação com inúmeros países, o que diminui consideravelmente o preço de alguns produtos.

A melhor época para se comprar roupas de inverno a preço de banana é agora. E não é roupinha vagabunda, não! É de qualidade. Tenho casacos da primeira viagem que fiz para lá (são 6 anos) novinhos. E não paguei (na época) R$40 em cada um.

Muita gente gosta de procurar lojas nas ruas, mas nós somos diretas e vamos ao ponto, sem firulas. Se jogue na Falabella, na Ripley e na Paris! Vale cada centavo gasto. São as principais "lojas de departamento" do Chile (a Falabella existe na Argentina, mas se a mesma variedade) e podem ser encontradas em qualquer lugar. Não existe diferença de preço entre as lojas de rua e as que ficam nos Shoppings.

Por isso a gente vai direito no Parque Arauco. Lá é possível encontrar desde lojas chilenas até a incrível Diesel (com calças por 1/4 do preço encontrado no Brasil), a CK, a ZARA (valha me Deus!), a MNG, e por aí vai... Na mesma avenida, alguns quilômetros em direção às montanhas, está o Alto Las Condes.

É possível encontrar eletroeletrônico baratinho (o preço que paguei num DVD da LG em 2003 só hoje é possível ser encontrado no Brasil). Milhares de modelos de câmeras, notebooks (atenção ao teclado! Nem todos tem o acento circunflexo!!!!), rádios de carro, etc...

O que não compensa comprar: Perfumes e maquiagem. O Duty Free no Brasil tem preços infinitamente melhores. Portanto, não se empolgue na entrada dos lojas. Aqueles quiosques estão lá para desviar sua atenção! Siga firme em frente e se esbalde nas roupas!

sexta-feira, agosto 08, 2008

Começou!

Hoje, oficialmente, as Olimpíadas tiveram início. Eu adoro!!!!! Tá certo que esse ano vai ser mais difícil assistir, já que quase tudo vai ser de madrugada. E diferente da Copa do Mundo (que a gente acorda uma vez a cada 3 ou 4 dias para assistir a um jogo), vai ser impossível ficar acordado tanto tempo.

Tenho meus esportes favoritos: ginástica (que já começa hoje com o masculino), natação, judô, vôlei, atletismo... Já andei sondando a Sportv, mas eles não estão dando muitas pistas. Nem sei se vai ter VT de tarde.

A cerimônia de abertura já está quase no fim. No começo é interessante, mas no fundo é tal qual desfile de escola de samba. Viu um, viu todos. Aquele negócio dos tambores foi fantástico, mas depois deu um sono... Para mim a melhor de todas foi a de Barcelona. Que negócio do arco-e-flecha era aquele!!!!

O negócio agora é colocar a bandeira para fora e torcer para um desempenho bom na medida do possível.

Lembrando que a maioria dos nossos atletas está lá na raça mesmo. Sem incentivo do governo, sem patrocínio, alguns já passaram fome... e o pior é que o planalto convida os medalhistas depois para uma foto, como e tivesse contribuído com alguma coisa. Nada como capitanear uns fotos nas costas dos outros...

terça-feira, agosto 05, 2008

...

Meu avô nos deixou hoje. Do nada... estive com ele na semana passada, antes de vir embora. Mostrei o álbum do casamento que tinha ficado pronto depois de tanto tempo. Ainda bem que estive lá. Ainda bem que deu tempo...

Ele parecia bem; não reclamou de dor, mal-estar, nada! Agora estou aqui. 3000km de distância, sem poder fazer nada... tem hora que a vida cansa... as pessoas vão indo embora, uma a uma... estou arrazada... porque a gente sempre fica com a impressão de que poderia ter feito ou falado algo e não fez? Saudades vô...

Só homem mesmo...

Eu já disse que participo de umas comunidades do orkut? Acho que sim, né? Numa delas a mulherada resolveu postar as gafes dos maridos. As duas melhores resumem bem o que nossos diginíssimos pensam da vaidade feminina. Quase morri de tanto rir.

Minhas companheiras da comú que me desculpem, mas tenho que postar aqui (sem nomes, para preservar os micos):

"Um dia (de tpm!) reclamei com meu esposo que estava me sentindo sem graça, desmazela, que meus cabelos estavam esquisitos... então, ele me disse:
- Por que você não tira a tarde de folga e vai no salão e faz uma BANANAGEM nos cabelos?!?
-Uma o quê?!??
-Sabe, aquelas coisas, BANANAGEM... BALAIADA... BANAqualquer coisa aí nos cabelos...
Gente, morria de rir! comecei a pensar que nosso universo é realmente uma incógnita para os homens... não fui fazer a tal balayage nos cabelos, mas às vezes quando digo que vou ao salão, ele me pergunta se é naquele dia que sairá a bananagem...."

"Essa é do tempo do namoro...
Eu tenho o cabelo bem crespão, e sempre faço química para domar os cachos, o produto é importado. Assim, por problemas no aerporto e outros, fiquei 9 meses sem encontrar o tal produto dos EUA, então imaginem minha raiz hiper 'pichaim' hahaha
Passou um tempo tive que começar a fazer escova, porque o FULANO me perguntou certa vez, 'AMOR, ESTRAGARAM SEU CABELO NO SALÃO QUE VC FOI A ÚLTIMA VEZ?'.~
Coitado, ele não sabia que aquilo aquilo era o meu cabelo natural hahahaha "

Pobrem maridos...

Nem acredito...

Depois de 1 mês desaparecida, minha diarista resolveu aparecer hoje para trabalhar. Fiquei aliviada. Não que ela seja a melhor diarista do mundo, ela limpa bem, é honesta, etc Mas, só de pensar em ter que procurar outra, já estava ficando nervosa.

Não é fácil entregar as chaves da nossa casa para uma pessoa que vai ficar sozinha nela o dia todo. Quem me garante que quando a gente voltar vai estar tudo aqui nos seus devidos lugares. Esse é o serviço em que o Q.I. é imprescindível. Não tem jeito, se não tem referências (e conhecidas) não aceito.

Agora minha casa está com cheiro de limpeza (apesar de eu ter me matado de tanto lavar roupa - tenho até dó da máquina, acho que nunca trabalhou tanto como nesses últimos 4 dias), os vidros não têm vestígio da maresia e eu posso fica aqui no computador!

Posso? Posso nada! Tenho que estudar... ai...ai... (é de pequenino que se torce o pepino, como dizia minha avó!)

sábado, agosto 02, 2008

Passa rápido!

Ontem completamos 10 anos juntos! Incrível como passa voando. Parece até que foi outro dia acabamos caindo na "cilada" das meninas e ficamos naquele bailinho do clube. Sinto como se fosse hoje a vergonha em te encontrar na escola no dia seguinte e fingir que nada tinha acontecido!

Lembro perfeitamente da saudade que sentia quando você ia para São Paulo e eu ficava para trás, dando tchau até o carro virar a esquina. Das nem sei quantas cartas que escrevi, só para você não esquecer que eu estava lá, te esperando...

Não me recordo da primeira briga, mas lembro de outras muito piores. Mas quem nunca brigou, não é mesmo? O importante é que sempre voltamos cada dia mais unidos; mesmo quando eu fico remoendo alguns assuntos que já deveriam ter sido enterrados (afinal, sou mulher!).

Talvez não exista coisa melhor que acordar do seu lado ganhando beijos. Só isso mesmo para compensar a bagunça que você faz em casa! Já disse que não sou sua mãe, mas você me escuta? Um dia acabo me enchendo e deixo você sem toalhas limpas... quer só ver. Antes que isso aconteça é melhor continuar dando beijos, pode ser que eu releve como faço agora!

Quantos planos fizemos? Quantas promessas? Nem deu para cumprir 1/3 de tudo aquilo. Mas vou cobrar os 100 anos juntos que você garantiu passar ao meu lado, pode acreditar. Para essas coisas tenho memória de elefante!

Você sabe que não foi um amor instantâneo. Nem uma paixão avassaladora desde do princípio. Mas o que é isso diante do que eu sinto a cada dia? Talvez a paixão que vem de mansinho dure mais, ou que o amor construído aos poucos seja eterno (literalmente e não o do poeta). Quero que você saiba que te amo mais que minha própria vida.

Obrigada por estar ao meu lado. Aguentar minhas chatisses e manias... te amo!

quarta-feira, julho 30, 2008

O juiz apita! Fim de jogo...

Depois de 20 de poucos dias aproveitando a casa da mamãe, a comida da empregada do vovô, visitando os amigos, matando a saudades da família e da minha cidade, chega a hora de dizer tchau.

Meu vôo sai hoje de noite para aquele fim de mundo. Lá vou eu ficar ao lado do maridão, curtindo as saudades das terras do sul.

E para fechar com chave-de-ouro a INFRAERO está em greve. Isso é que é sorte. Sabe se lá que horas meu avião que iria sair meia-noite vai decolar. Tomara que não atrase tanto... não estou com saudades da terra, mas do maridão sim!

domingo, julho 27, 2008

Amigos de mamãe

Se minha mãe não é normal, só poderia ter amigos tão loucos quanto ela. Hoje fizemos uma festinha supresa, para comemorar os 50 anos dela. Shiii... que ela não escute que eu contei isso! heheheheheh

Um casal de amigos dela convidou outro casal para ir a uma festa numa fazenda de um primo. Festa boa, bastante comida, só que era à noite. Convite aceito, os 4 foram juntos no mesmo carro para a diversão já começar no caminho.

Chegando na cidade onde a fazenda se encontrava primeiro problema. A mulher queria que o marido entrasse na estradinha de terra à direita. O marido insistia dizendo que era na esquerda. A mulher confessa que nunca tinha ido lá na fazenda do primo, mas que saiba que era na direita. Uma briguinha de leve e resolvem seguir o que ela disse. Afinal, homem que tem juízo obedece para não sofrer as consequências depois.

O carro adentra a mata fechada, seguindo o projeto de estrada. Rodam, rodam, rodam... quilômetros se passam e nada da porteira da fazenda. O pessoal começa a ficar nervoso. Resolvem parar. Mas não passa uma alma para ajudar. A mulher revira a bolsa, tinha certeza que tinha uma mapa. Acha o papel! Alívio geral. O problema é que a luz do carro estava queimada. Resolvem seguir em frente mesmo assim.

Por um golpe de sorte acham um poste. Ela confere o mapa. Tava lá escrito "direita". Viu, marido?! Eu tinha razão! E seguem a estrada. Depois de hora acabam achando a fazenda. Comemoração. As costas já estavam doidas, os braços idem de ficar segurando a comilança que estavam levando com eles.

A mulher comenta com o primo: "Nossa se não fosse esse mapa aqui, a gente nunca teria chegado! Nem sei como encontrei na bolsa e consegui ler naquele escuro!" O primo pega o papel e fica espantado... o "mapa" era lista de compras do supermercado... incrível! E não é que chegaram mesmo assim??? Coisa de doido!

sexta-feira, julho 25, 2008

Dai-me paciência

Estou aqui pelas bandas do sul aproveitando a casa da mamãe, a família e a cozinheira daqui. Mas chega uma hora que a realidade bate à porta. O mês acaba semana que vem e eu preciso voltar para casa.

Antes de vir, dei uma pesquisada da internet e vi que as passagens estavam caras. Achei melhor esperar; afinal, sempre tem uma promoção da vida. O tempo foi passando, as promoções não apareceram, o preço aumentou e eu estava ficando sem alternativa. Resumindo: eu teria que 'morrer' com pelo menos R$730 só pela passagem de ida!!!

Resolvi, não sem dor no coração, que iria gastar minhas suadas milhas (que estavam sendo juntadas para uma viagem, tal como a que fiz nessas férias) para voltar; o que não tem remédio, remediado está, não é mesmo?

Qual não foi minha a surpresa quando descobri que tenho uma passagem em aberto na TAM! Incrível! Como assim?? Quando eu deixei de voar? Daí lembrei que era uma passagem que havia comprado para um casamento há uns meses atrás. Comprei numa noite e no dia seguinte apareceu uma promoção (ida e volta mais baratas que só a ida que eu tinha comprado). Na época, fui ao aeroporto e pedi o cancelamento da primeira e comprei as outras duas. O atendente disse que seria cancelada... pelo jeito não foi! E eu estava pagando por ela!!!!! Isso que dá ter mais parcelas no cartão para a TAM que qualquer um por aí, a gente nem sabe o que está pagando.

Só que aí vem a parte boa. Para eu trocar a passagem preciso ir pessoalmente a uma loja da TAM. A mais próxima fica a 100km daqui... é, mais uma vez o maravilhoso jeito TAM de voar entra em ação. Nem sei quantas vezes já reclamei disso, mas eles não mudam. Agora me digam: o que faz o cara que não tem nenhuma loja TAM por perto, mesmo que esse perto seja a 100km???

Tive que ir, e o melhor, a mocinha disse que eu nem precisava ter ido. Bastava alguém ir no meu lugar. Será que ela acha que eu tenho conhecidos (e ainda por cima, dispostos a ter trabalho) em todas as cidades do Brasil? Eu mereço!

Agora a passagem está comprada e a contagem regressiva para voltar para a casa (FINALMENTE) e sentir saudades daqui (é duro) começa...

terça-feira, julho 22, 2008

Aceita uma dica de diversão?

Confesso... sou uma manteiga derretida de carteirinha. É difícil lembrar de um filme no qual eu não tenho chorado. Talvez em alguma comédia tipo pastelão, daquelas feitas pelo Adam Slander, mas é execeção.

O problema é que eu tenho vergonha de chorar na frente dos outros. Tenho que admitir que é ridículo chorar feito um bezerro desmamado em qualquer cena mais triste ou romântica. E eu nem estou falando de cenas realmente tristes não, porque se eu sei que o filme é desses que deixam a gente arrasada no final eu nem assisto.


Por isso eu adoro assistir filme sozinha. Poder chorar sem medo dos olhares, soluçar mesmo sendo exagero, não tem coisa melhor. Até porque, lembro bem do vexame que dei no cinema assistindo Titanic. Se aquela sala fosse um barco, iria ter o mesmo destino do dito cujo, tamanha a quantidade de água de saiu dos meus olhos quando aquele negócio começou a afundar e o capitão se recusou a abandonar o barco!


Tudo isso para falar que acabei de assistir um filme lindinho. Daquelas comédias-românticas iverossímeis, mas que a gente sonha que poderia ser verdade. Nem é novo; segundo o DVD é de
2006. Mas só achei agora, em meio aos filmes que meu avô anda comprando adoidado pelo internet.



Pois então, se você estiver sem nada para fazer, gostar de um filme bonitinho, com um cara
charmoso e que dá para chorar um pouquinho, assita "E se fosse verdade"...

segunda-feira, julho 21, 2008

Novela é bom, mas tem hora que irrita!

Depois de uma fase de abstinência eu voltei a ver novela. Estou adorando a novela das 7 e acho que novela das 8 muito boa. Só de lembrar daquela porcaria do Agnaldo Silva, eu ajoelho e agradeço a Deus por existirem outros autores bem mais competentes.

Mas se tem coisa que me irrita é situação sem pé-nem-cabeça. Alguém pode me dizer como alguém pode acreditar numa pessoa que já mostrou que não vai com a sua cara? A mulher chega, diz que mentiu, que sua mãe que pagou para ela armar tudo e ainda por cima o pagamento foi um brinco dela; mostra o dito-cujo e você? Acredita!!!!!!!

Em nenhum momento passa pela sua cabeça que a fulaninha já aprontou com você e seu namorado poucas e boas. Que seria ingenuidade da parte da sua mãe pagar com um objeto pessoal dela, facilmente identificável... nada! Você acredita e vai brigar com sua mãe. EU MEREÇO!!

Tá certo que novela é algo cheio de idas e vindas. Não tem que ser espelho de realidade, mas tudo tem limite!

domingo, julho 20, 2008

Eu tenho vergonha...

da marquinha de peso que está aí embaixo... essa viagem fez um estrago em mim, não sei se vou conseguir lagar os kilos ganhos aqui na casa da mamãe. A cozinheira é boooooaaaaaaa!

Ontem teve feijoada e merengue de sobremesa. Depois fui em um aniversário de criança. Sorte que não tinha (!) brigadeiro, nem outros docinhos típicos. Senão o estrago tinha sido maior.

PS: Onde já se viu fazer festa de criança sem brigadeiro??????????????????????? E eu lá quero comer trufa nessas horas? Terrível...

quinta-feira, julho 17, 2008

Eu não aguento!!!

Alguém pode me dizer por quê a Débora Secco SEMPRE faz o mesmo papel? O da menina ambiciosa, fútil, vadia, que corre atrás de um homem e fica pelada nas novelas????????

Quem é que aguenta?? Será que ela não é capaz de falar para o direitor/autor da novela que não quer mais fazer esse tipo de personagem? Juro que mudo de canal cada vez que ela aparece. A novela é boa demais, mas essa menina é dispensável. Desta e de qualquer outra novela!!!!!

terça-feira, julho 15, 2008

Visto concedido!


Nossa entrevista estava marcada para hoje às 8h30 no consulado em SP. Chegamos lá às 8h00 porque eu passei direto na rua e tive que voltar um bom pedaço (vai aí a dica para quem vai de carro pela av. Santo Amaro: a rua do consulado fica bem ao lado da estátua do Borba Gato!!).

Quando chegamos a fila na calçada já era grande e lá dentro mais ainda (dava 4 voltas; tudo isso sem ao menos entrar no prédio do Consulado). Expliquei que a entrevista estava marcada para as 8h30 mas fomos orientadas a ficar na fila mesmo. Resultado, ficamos lá fora até as 10 e pouco da manha!).Fomos ecaminhadas direto, sem tirar as impresões digitais naquele guichê do lado externo do prédio.

A pré-entevista foi rápida e conseguimos ficar nós 3 com a mesma senha (apesar de ter agendamentos distintos, já que cada uma mora em um estado do Brasil, bastou dizer que eramos uma família). A funcionária (brasileira) foi simpática, perguntou o que éramos umas das outras. Eu disse que éramos mãe e filhas. Ela pegou o formulário e passaporte de uma de cada vez. Conferiu o visto anterior (nosso visto venceu em junho de 2007, estávamos fora do prazo de renovação) e os formulários. Deu uma senha única e mandou ficar de olho nas chamadas.

Levou quase 1 hora para nossa senha ser chamada para colocar as digitais. Eu tive um certo problema com as minhas, por causa do suor das mãos (tenho sudorese excessiva nas mãos, é normal no meu caso), mas a funcionária (também brasileira) foi super simpática e paciente. Mãos colocadas esperamos a entrevista.Levou mais uns 20 minutos e fomos chamadas.

O AC mandou eu pegar no telefone. Talvez tenha sido a entrevista mais rápida da minha vida!

AC: Bom dia. São sua mãe e sua irmã?

EU: Sim. Essa é minha mãe (apontei) e essa minha irmã (tb apontei).

AC: Você é a Virgínia?

EU: Sim

AC: O que você e sua irmã fazem? (NÃO PERGUNTOU SOBRE MINHA MÃE!)

EU: Sou advogada e faço pós-graduação e minha irmã está no 4º ano da faculdade (não mostrei nenhum documento)

AC: Vocês vão viajar para onde?

EU: Vamos para a Disney em Orlando, porque já conhecemos a Disney de LA e queremos voltar a NY...

AC: (em silêncio destacando os passaportes antigos do novo por alguns momentos). Ok. Vocês tiveram o visto aprovado. Boa viagem!

EU: Muito obrigada! Bom trabalho.

Pagamos o sedex (para pessoas com o mesmo sobrenome pode ser utilizado um só envelope e uma taxa ... R$20 para o interior de SP).

O que eu senti. Quem decide que é aprovado ou não são os funcionários lá de dentro. Eles ficam quase 1 hora com seus formulários e passaporte. Tempo suficiente para analisar com calma. O AC que nos entrevista só faz algo mais "teatral", sendo que ele também pode verificar se você está seguro do que fala ou confirmar alguma informação ou doc. E aí confirmar a entrega do visto ou negar.

Nos nossos formulários tinham em caneta os seguintes rabiscos "SF" e um outro que parecia ser um "b" ou uma rubrica de alguém. Vi que uma menina que tinha um carimbo "SM" (era intercambista) e teve o visto aprovado. Mas não conseguimos descobrir o que significavam... ainda bricamos na fila que "SF" era 'SE Fo#####' E "SM", 'Sinto muito'... ahdsuahdu mais deu tudo certo.

Não mostramos nenhum documento. Minha irmã não falou nada e o AC nem sequer perguntou da minha mãe (não sei se influencia, mas ela é pensionista do governo federal).

Demorado pacas, saímos de lá 12h00... mas com o visto aprovado. Só falta saber que quanto tempo!