quinta-feira, março 26, 2009

Interrompendo a programação de estudo

Aqui no blog a gente mata a cobra e mostra o pau!

Lembram daquele garoto de 13 anos que apareceu nos tablóides britanicos apontado como sendo pai de um bebê? Pois é, ele não é!

Não que ele não tenha dado umas fofadas na menina. Isso ele fez. Mas a moça resolveu que um só não bastava e deu uma circulada básica entre a garotada. Fizeram o DNA e o garoto não é o pai. E dizem que ele está desolado...

Para vocês verem que o que era ruim pode piorar!

4 comentários:

Re disse...

Gente..quero ser mae, mas as vezes juro que tenho medo de colocar filho nesse mundo...as crianças estao muito prematuras. Bjs

Cláudia disse...

se eu sou a mãe desse moleque, a essa altura to dando uma festa, ou indo de joelhos até Aparecida, ou distribuindo santinhos de Sto Expedito para agradecer a graça alcançada.

Re, animaí, bebezinho é tudo de bom! (olha eu respondendo comentário no blog alheio...)

beijo

Virgínia disse...

Re: Tenha medo não! Com o tempo a gente consegue colocar eles nos trilhos. Bj

Claudia: Sem contar que deveria dar uma voltinha no caminho de Santiago de Compostela! ahdausdhuahduh Bj

Nade disse...

É demais mesmo!
A que ponto chegamos? Aliás, a que ponto as crianças de hoje chegaram?
Uma vez li que os bebês já nascem quase falando porque estão evoluídas espiritualmente. Mas também não é pra tanto...
A Claúdia é ótima! Que humor!
Re, querida, vai da criação, amada...
Estive um pouco ausente daqui, mas como boa seguidora que sou (rsrsrs), virei com mais frequencia, até porque adoro o seu blog!
Bjs e excelente domingo!