terça-feira, junho 16, 2009

Blasé


Se tem uma coisa que me irrita é médico que atende sem olhar na minha cara! E aqui parece que eles são mestres nisso.

Domingo logo depois do almoço eu comecei a fazer xixi sem parar. Mas como eu bebo muita água e já estou acostumada com ter a torneirinha aberta, achei que tinha exagerado na água até então. Em pouco tempo o que era uma urgência em ir ao banheiro passou para um incomodo inacreditável e em 6 horas eu estava urinando sangue! Comecei a ficar preocupada.

Fui para a emergência do "melhor hospital" daqui (recomendado pelos nativos) e que, ainda bem, aceita o meu plano. É a terceira vez que vou lá e em todas as vezes eu fui pessimamente atendida. Não importa o médico.

Dessa vez o caboclo perguntou o que estava acontecendo. Expliquei a evolução do negócio e que agora tinha sangue e era sangue vivo. Ele perguntou se eu não poderia estar confundindo com um escape. FALA SÉRIO? Como é que uma mulher confunde um escape com urina com sangue?

Depois perguntou se eu tinha febre. Eu disse que o termometro tinha quebrado e não tinha comprado outro. Ao invés da anta medir minha temperatura (procedimento básico da anamnese), ele só anotou o que eu disse e mais nada! Sai de lá com uma requisição de exames urgentes.

Voltei 2 horas depois com os exames na mão e fui atendida por outra médica. O retorno durou 45 segundos! Ela perguntou o que eu tinha, passou os olhos no exame e me receitou um antibiótico em uma dose para curar uma pielonefrite e não uma cistite.

Como eu já tinha ligado para minha irmã (que está no fim da faculdade e é mais atenta aos meus exames que a cardio que me atendeu), fiquei assutada com a quantidade de medicação. Outro telefonema e uma consulta a um esquema na internet do site da Soc. Brasileira de Medicina e eu mesma resolvi diminiuir a dose pela metade.

Ontem mesmo estava melhor (como minha irmã disse). Mas continuo indignada! Isso é consulta? Mesmo que o convênio pague uma porcaria para eles dois, não fizeram um juramento na faculdade de atender de modo digno das pessoas? Que coisa irritante!!!

PS: No meio das minhas pesquisas achei uma notícia de que a Anvisa pensa em começar a exigir a retenção das receitas de antibióticos pelas farmácias, assim como fazem com os psicotrópicos. A população está exagerando no uso, os médicos exagerando nas doses receitadas e as bactérias estão cada vez mais resistente aos antibióticos mais simples... fiquem atentos!

6 comentários:

Daniel disse...

Espero que esteja melhor!!!


E nós mudamos de apartamento! rs.

Lucia Cintra disse...

Eh ridiculo mesmo. Ja tive medicos assim e nao voltei pra uma segunda visita, arranjei outro. Mas tendo uma irma medica, eh pra ela quem ligo a maioria das vezes com qualquer tipo de problema que tenho.

Espero que fique boa logo. bjos

Re disse...

Nossa Vi, que descaso...mas que bom que vc ja está melhor. Bjs

Virgínia disse...

Pessoal, já estou melhor! Quase novinha em folha! Mas o maridão está querendo me devolver para minha mãe porque diz que levou "mercadoria com defeito"! adhaushdusahduahd

Obrigada pela preocupação! :D

Nade disse...

Boa Noite!
Adorei ver que você confirmou presença na Blogagem Coletiva - Minha Música, Meu Momento!
Fico honradíssima em tê-la parceira no dia 21 e já estou ansiosa em ler a sua história, em ver sua postagem.
Vai ser fantástico ler as experiências de vários amigos blogueiros sobre o tema proposto postadas em seus respectivos blogs no dia 21!
Só não esqueça de anunciar sua participação na Blogagem colando o selo na sidebar do seu blog...
Dia 21, estaremos em festa!
Grande beijo!

Orgulho de Ser

Renatinha disse...

Pior é quando você está morrendo de febre, dor, tudo mais, chega no hospital, fica 1 hora na sala de espera pegando novos virus e o médico em 2 segundos "descobre" que é uma virose... sem nem fazer exame, te passa um antibiótico que já saiu de linha e em nenhuma farmácia você acha, e nunca mais toma nada e fica boa... sozinha!!!! afe... estes médicos são ruinzinhos em qualquer cidade.
beijos
Re